logo britech branco
logo britech branco
entre em contato

6 formas de otimizar a gestão de ativos financeiros

Por Mikaelli Santana on

Fazer uma gestão de ativos financeiros eficiente é essencial para oferecer tranquilidade e bons resultados a investidores.
Esse trabalho envolve não só implementar estratégias para trazer retornos financeiros atraentes. Também é necessário estar sempre em dia com as regulamentações em vigor e com a execução de boas práticas de gestão.
Por isso, além de monitorar as mudanças nos cenários econômico e político, é importante se atualizar em relação a novas tecnologias. Automação de processos e inteligência artificial (IA) são exemplos dessas tecnologias.

Este post discute algumas práticas que profissionais do mercado financeiro podem adotar para aprimorar a maneira como fazem a gestão de ativos financeiros. Acompanhe a seguir.

Seis formas de otimizar a gestão de ativos financeiros

1 – Adote sempre as melhores práticas de compliance e gestão de risco

A gestão bem-sucedida de ativos financeiros requer controles rigorosos. Para isso, é preciso estar ciente das leis e diretrizes em vigor e contar com um bom sistema de compliance.

Um caminho possível é implementar soluções automatizadas de controle de risco. Essas soluções podem ajudar a aproveitar oportunidades de investimento ou vetar transações em determinado contexto, por exemplo.

Tudo depende, em primeiro lugar, da clareza e da abrangência da política de riscos a ser implementada.
Em seguida, vem a escolha das ferramentas adequadas para automatizar processos. O ideal é que sejam soluções robustas, confiáveis e adequadas à complexidade da gestão dos ativos.

2 – Faça análises para compreender o cenário econômico

O mercado financeiro está em constante movimento e isso dificulta um acompanhamento completo e aprofundado de todas as mudanças em curso. Mas é possível se apoiar em dados do passado para ter pistas sobre a evolução dos mercados.
Ao unir conceitos de matemática e estatística, a análise preditiva será útil nesse sentido. O uso de modelos e algoritmos permite que gestores obtenham insights e até descubram tendências com base no comportamento dos ativos.

Monitorar indicadores econômicos e financeiros relevantes ajuda os gestores a antecipar mudanças no mercado e, assim, ajustar suas estratégias de acordo com o cenário.

3 – Use a tecnologia como suporte para operacional

A tecnologia desempenha um papel fundamental na otimização das operações financeiras. Os gestores de fundos podem adotar soluções avançadas para facilitar a tomada de decisões, reduzir custos operacionais e minimizar erros.
Ferramentas como softwares de gestão de portfólio, plataformas de negociação eletrônica e sistemas de reconciliação são capazes de simplificar as operações no dia a dia.

A BRITech, por exemplo, desenvolveu uma ferramenta de consolidação de carteiras de investimento. Ao trazer uma visão geral sobre o portfólio de clientes, a ferramenta facilita o controle de riscos e permite maior agilidade e precisão na gestão dos recursos.

4 – Tenha um backoffice preparado para uma gestão de ativos financeiros efetiva

O backoffice compreende os setores de uma empresa que têm pouco ou nenhum contato com o cliente. São as áreas de recursos humanos, tecnologia da informação, departamento jurídico e assim por diante.

Quando se trata de gestão de recursos, a tecnologia, em especial, vem ganhando muita atenção nos últimos anos. Afinal, as negociações de ativos ocorrem hoje em ambientes 100% digitais.

Um backoffice eficiente permite o processamento adequado de transações, a manutenção de registros precisos e a conformidade com os procedimentos internos e externos.

É por essa razão que investir em sistemas e pessoal qualificado para o backoffice melhora significativamente a gestão de ativos financeiros e pode evitar problemas operacionais.

5 – Use inteligência artificial e deep learning

A inteligência artificial e o deep learning têm transformado a maneira de lidar com dados financeiros.
Essas tecnologias permitem analisar grandes volumes de dados em tempo real, identificar padrões e obter insights para a tomada de decisão.

Gestores de fundos podem se beneficiar da IA e do deep learning para criar algoritmos e modelos que ajudem na leitura do cenário e na precisão de suas projeções.

6 – Implemente um sistema de gestão integrada

Outro ponto relacionado à tecnologia é a implementação de um sistema integrado de gestão.
Além das estratégias de investimento, esse sistema também abrange aspectos de governança nas operações da empresa.
A plataforma ONE, uma solução de governança desenvolvida pela BRITech, endereça problemas como:

– perda de prazos por falhas na comunicação;
– erros cadastrais ou inconsistência na documentação;
– ausência de definição de procedimentos e responsabilidades;
– gasto excessivo de tempo com a organização de documentos.

A adoção de sistemas como esse permite que a empresa mantenha o foco em tarefas estratégicas e contribui para aumentar a eficiência da gestão dos recursos.

Melhorar a gestão de ativos financeiros requer abordagem proativa na adoção de boas práticas e capacidade de rápida adaptação a mudanças. A BRITech desenvolveu as ferramentas ideais para facilitar essa jornada. Conheça nossas soluções!

Saiba mais agora!

Agende uma demonstração e explore como os relatórios certos, painéis que suportam decisões e ferramentas inteligentes podem ajudá-lo a impulsionar o crescimento e a satisfação do investidor.

Agende uma Demonstração

Agende uma Demonstração