Melhores práticas para estruturar e gerir um Family Office

By Bruno Silveira on

Segundo uma pesquisa da Forbes, durante a pandemia, o número de pessoas com grandes fortunas em todo o mundo explodiu para 2.755 pessoas. As fortunas saltaram de US$ 8 trilhões para US$ 13,1 trilhões. Esse fenômeno contribui fortemente para o aumento da demanda por modelos de gestão personalizados, como os oferecidos por empresas do tipo family office.
Considerando a relevância desse tema, falaremos a seguir sobre algumas particularidades do family office e as melhores práticas de gestão dessa modalidade de negócio. Acompanhe!

Como funciona o processo de sucessão familiar?

Toda família que possui um patrimônio relevante e/ou detém um grupo empresarial precisa, em algum momento, tratar de assuntos relacionados à transferência e sucessão dos bens e direitos. No planejamento sucessório, é imprescindível que o titular do patrimônio familiar reflita, com o auxílio do family office, sobre quem serão os líderes, gestores ou sócios/acionistas.
Além disso, torna-se necessário analisar a viabilidade para realização de doações em vida de quotas/ações com reserva de usufruto e/ou elaboração de um testamento que possibilite a partilha dos bens, respeitando as peculiaridades de sua estrutura familiar. Assim, é imprescindível elaborar um plano específico para a sucessão familiar. Veja a seguir, os pontos fundamentais dessa estratégia.

Como realizar o planejamento sucessório no Family Office?

Defina metas e objetivos

Defina e revise continuamente o planejamento sucessório e a possibilidade de atingir metas que concordem com as expectativas da próxima geração.

Decida o processo de tomada de decisões

Documente o plano de sucessão e comunique seus termos à família e às partes interessadas. Além disso, identifique e estabeleça os processos de governança que permitam que os membros da família participem da tomada de decisões.

Determine o plano de sucessão

Após identificar os seus sucessores, determine as funções ativas e inativas de todos os membros da família. Considere também o apoio adicional que os herdeiros precisam da família, bem como a compensação para os herdeiros que não têm controle sobre as decisões.

Desenvolva um planejamento tributário estratégico

Nesta fase, é importante analisar as implicações fiscais de uma alienação ou transmissão de bens por morte, ou divórcio de um dos seus sócios/sócias, visando sempre a redução da carga fiscal.

Desenvolva um plano de transição

Desenvolver um plano de transição favorece as operações e o negócio familiar em vários momentos, como, por exemplo, no caso de eventual compra. Então, ter pronto um cronograma para implementação do plano de sucessão, facilita o andamento dos processos e pode prevenir muitos problemas.

Saiba mais sobre o tema no texto: Family Office: Tudo que você precisa saber sobre o serviço.

Quais indicadores financeiros devem ser analisados?

A gestão de patrimônio não é uma atividade simples e carece de vários recursos e estratégias para ser bem sucedida. Nesse sentido, o family office precisa analisar constantemente indicadores econômicos e financeiros do mercado para avaliação periódica do portfólio de investimentos.

Então, veja alguns desses indicadores:

Valor Presente Líquido (VPL)

O VPL permite a análise de viabilidade do projeto de um investimento. Dessa forma, o método consiste em trazer para o período atual todos os fluxos de caixa de um projeto de investimento e somá-los ao valor inicial. Por fim, utiliza-se como taxa de desconto a Taxa Mínima de Atratividade (TMA) da empresa ou projeto.

Valor Presente Líquido Anualizado (VPLa)

O VPLa é também uma métrica que analisa a viabilidade de terminadas aplicações financeiras. Sendo assim, esse método auxilia na identificação do retorno de investimento considerando um período de um ano.

Retorno sobre o Investimento (ROI)

Resumidamente, o ROI (Return over Investment), representa a relação entre o lucro/prejuízo obtido sobre o capital investido. Por meio desse indicador, é possível saber quanto dinheiro determinada empresa está ganhando (ou perdendo) em cada investimento.

Taxa Interna de Rentabilidade (TIR)

A TIR é uma taxa de desconto hipotética que, quando aplicada aos fluxos de caixa, resulta em um valor de despesa (a valor presente) igual a um valor de retorno do investimento.

Payback

O Payback representa o tempo decorrido entre o investimento inicial e o momento em que o lucro líquido acumulado é igual ao valor do investimento. Esse indicador está diretamente associado ao fluxo de caixa de um negócio e pode ser dividido em duas categorias:

– Payback simples: não considera o valor do dinheiro no tempo;
– Payback descontado: considera a taxa de juros, sendo calculado geralmente a partir da TMA (Taxa Mínima de Atratividade).

Earning Before Interests, Taxes, Depreciation and Amortization (EBITDA)

EBITDA é o lucro antes de juros, impostos de renda e depreciação. Nesse caso é avaliada a capacidade que uma empresa tem de gerar lucro, considerando apenas as suas atividades operacionais. Esse é um indicador bastante utilizado para analisar negócios com bom desempenho na geração de caixa e com potencial de crescimento no médio e longo prazo.

6 Dicas para se destacar como Family Office

Tenha um escopo de serviços diversificado

Oferecer mais opções de serviços sempre será uma boa estratégia para os negócios de family office, já que amplia a capacidade de atendimento às diferentes demandas que possam surgir.

Tenha referências

Ter boas referências é importante para todos os tipos de negócios. Nesse sentido, apresentar cases de sucesso e outros resultados gerados pela sua empresa pode ser um diferencial e o fator determinante para a captação de mais clientes.

Ofereça confidencialidade

Realizar operações que movimentam dados pessoais de terceiros é uma responsabilidade muito grande, sendo necessário adotar todas as medidas possíveis de segurança e confidencialidade na prestação de serviços.
Sendo assim, é fundamental a adoção de tecnologias da informação que permitam manipular dados confidenciais de forma segura.

Tenha mais de um modelo de planejamento patrimonial

Oferecer mais de uma opção de modelo de planejamento patrimonial para os clientes certamente é mais uma forma de prestar serviços diferenciados.
Então, um family office pode trabalhar com dois modelos de planejamento:

– Life-Centered Planning: além da gestão eficiente de recursos, esse modelo possui um foco em negócios que proporcionam bem-estar e qualidade de vida da família atendida.
– Money-Centered Planning: nesse modelo de planejamento o maior foco está em gerar e preservar a riqueza familiar.

Invista em pesquisa e inovação

Além da preservação da riqueza, os family offices precisam focar no crescimento patrimonial. Para isso, é importante estar atento às tendências do mercado e considerar novos investimentos.
Trata-se também de garantir serviços que agregam valor ao cliente e atenda às suas necessidades.

Conte com recursos tecnológicos

A tecnologia pode ser uma grande aliada nos negócios de family office. Além de melhorar o desempenho geral dos processos, os recursos tecnológicos podem melhorar consideravelmente a velocidade, eficiência e qualidade dos relatórios e análises de investimentos.
Outro benefício do uso da tecnologia, está relacionado às interações fora do family office, ou seja, a comunicação com terceiros.
Por exemplo: um sistema de gerenciamento de documentos pode estar integrado em um amplo ecossistema de consultores e fornecedores. Ou seja, é possível compilar dados de várias fontes, incluindo custodiantes, bancos e contas em um só lugar em tempo real. Tudo isso de forma automatizada e segura.
Considerando essas informações, fica clara a necessidade de ferramentas tecnológicas para o processamento correto dos dados e a gestão eficiente de ativos no family office.

Aqui na BRITech, oferecemos aos nossos clientes uma plataforma totalmente integrada,
onde é possível automatizar o processo de criação de estruturas familiares encadeadas e acessar diversas informações por meio de painéis e relatórios específicos.

“Um dos resultados foi a qualidade na informação enviada para o cliente e a confiança no que foi informado.” CEO da Rosenberg Investimentos.

“Quem não tiver uma solução completa como a da BRITech cobrindo processos, mitigando riscos, gerando eficiência e trazendo uma segurança ao crescimento não vai sobreviver” Sócio Diretor da GPS Investimentos.

Por isso, conte com as nossas soluções para garantir a agilidade e eficiência na gestão dos investimentos e negócios de family office. Saiba mais.

Saiba mais agora!

Agende uma demonstração e explore como os relatórios certos, painéis que suportam decisões e ferramentas inteligentes podem ajudá-lo a impulsionar o crescimento e a satisfação do investidor.

Agende uma Demonstração

Agende uma Demonstração