Uma nova solução para estruturação e governança de veículos de investimentos

25/01/2021 Por Kleber Oliveira

Estruturar novos fundos e manter a visibilidade dos processos operacionais e legais não precisa ser um fator de risco adicional.

Os sistemas de gestão de investimento são responsáveis por boa parte das tarefas pesadas da operação. Muitas ferramentas já estão disponíveis para auxiliar na distribuição de fundos, no controle de cotistas, no cálculo de rebates e rentabilidade, na geração de informes legais e relatórios, no controle de múltiplas contas correntes e no monitoramento de risco de mercado e liquidez.

Quando os fundos estão em operação, várias dessas ferramentas precisam ser combinadas para desempenhar as operações requeridas de maneira confiável, seguindo as normas de governança estabelecidas por órgãos reguladores/autorreguladores como a CVM e Anbima. O processo de cadastro inicial de fundos, por exemplo, pode representar várias horas das equipes envolvidas para que a tarefa seja concluída com êxito, podendo ocasionar alguns riscos operacionais no processo.

Para tornar mais seguro e preciso o controle e monitoramento dos processos de estruturação e condução dos veículos de investimentos, a BRITech desenvolveu uma solução capaz de realizar as atividades de cadastro de acordo com o workflow adotado pelas empresas, aderente às instruções da CVM e Anbima, além de permitir a inclusão dos processos internos já adotados. Deste modo, o cadastro de fundos, clubes, carteiras, cotistas, gestores, custodiantes, agente autônomos, auditores e advogados pode ser realizado com base em regulamentos, contratos e documentações digitalizadas diretamente na solução, com grande economia de tempo e redução de riscos.

Os demandantes – sejam internos ou externos, como clientes, auditores ou reguladores – conseguem visibilidade dos processos de acompanhamento cadastral dos veículos e cotistas, com visões segregadas para cada caso de uso. A solução possibilita realizar o agendamento das assembleias ordinárias, da divulgação de demonstrações financeiras, das auditorias, além de criar agendas específicas de fundos estruturados.

Os administradores, gestores e responsáveis pelo monitoramento de risco podem conduzir procedimentos de estruturação integrados a outros sistemas e legados, pois a solução possibilita essa integração de forma otimizada.

Além da estruturação, nossa solução também agiliza a manutenção de toda a operação, com visibilidade do início, meio e fim, incluindo o monitoramento da agenda jurídica – legal ou contratual – e através de funcionalidades adicionais, como disparo de comunicados, convocação de assembleias e a assembleia on-line.

Para saber mais sobre as soluções de mitigação de risco operacional e legal do Atlas/ONE fale com a gente.

Sobre o autor:

Kleber Oliveira

Head de Marketing e Presales na BRITech Brasil

← Voltar ao blog