Administradoras de Fundos

Gestão de ativos e passivos com monitoramento de obrigações legais e regulatórias

Foque em seu cliente enquanto nossa plataforma mantém atualizadas as obrigações legais e regulatórias, para que você realize seu trabalho de gestão de fundos em conformidade com o regulamento vigente.

Gestão BRITech e consolidação de portfólios é ideal para:

  • Open Finance
  • Customer Success Team
  • Customer Support Team
  • Integração por APIs

Casos de Uso - Administradoras de Fundos

Atenda melhor seu cliente

Distribuição de
Fundos com Suitability

A distribuição de fundos próprios e de terceiros pode ser:

Identificada, onde os dados do cliente são revelados ao administrador do fundo – responsável perante os órgãos reguladores e pelos cotistas (extratos, informes de rendimento, Suitability etc.)

Por conta e ordem, onde os dados do cliente ficam retidos no distribuidor – que se torna responsável perante os órgãos reguladores e o cotista.

Cálculo de Rebate de Taxas

O valor de rebate é um benefício ou uma “comissão” paga pelo administrador ou gestor de um portfólio (fundo, clube ou carteira de investimentos), sendo o cálculo desse valor baseado na taxa de administração e/ou gestão cobrada diretamente sobre o PL desse portfólio.

É importante monitorar o cálculo dos rebates em duas visões, como despesa (administradores/gestores) ou receitas (distribuidores/officers/carteiras).

Controle de Cotistas de Fundos e Clubes de Investimentos

Os serviços de controle de cotistas (controladoria de passivo) de fundos e clubes de investimentos incluem:

escrituração das cotas; registro nominativo dos detentores de tais cotas; registro das movimentações e eventos envolvendo tais cotas; cálculo e retenção de tributos; prestação de informações aos órgãos reguladores e informações aos cotistas.

Controle de Cotistas de Fundos Offshore

O controle de cotistas de fundos offshore compreende:

controle de umbrella funds com suas diversas classes e séries, processos de lockup hard e soft, holdback, rollup de séries e controles de divulgação de cotas em periodicidade diferente de diário e mensal.

Controle de Cotistas de Fundos Estruturados

O controle de cotistas de fundos estruturados deve respeitar alguns parâmetros:
diferentes séries, valores de cotas de cada série, rentabilidade e tributação condizente com cada tipo de fundo e gestão da quantidade de cotistas, de forma que benefícios fiscais não sejam perdidos.

Geração de Informes Legais, Regulatórios e Contábeis

A administração de fundos líquidos, fundos estruturados e clubes de investimentos acarreta algumas obrigações acessórias que possuem fluxo específico para geração de informes.

Estes variam conforme a entidade legal, regulatória ou jurídica de destino e o tipo de investimento.

Gross Up

A comparação de ativos em relação à um benchmark e/ou a outras opções de investimento é feita pela expectativa de rentabilidade bruta.

escrituração das cotas; registro nominativo dos detentores de tais cotas; registro das movimentações e eventos envolvendo tais cotas; cálculo e retenção de tributos; prestação de informações aos órgãos reguladores e informações aos cotistas.

Carteirização de Investimentos

Na prática de carteirização de investimentos e rentabilidade bruta/líquida por ativo e consolidada, cria-se uma carteira administrada ou um portfólio consolidado para demonstrar a rentabilidade global, bruta e líquida de tributos.

A partir dessa consolidação também pode-se demonstrar a rentabilidade dos títulos incentivados com o gross-up para facilitar que o cliente compare as opções de investimento e avalie a performance passada comparando condições semelhantes.

Consolidação de Portfolios On/Offshore

A consolidação de posições e históricos de operações apresentam vários desafios. Ao incluirmos operações em diversas praças e moedas, as dificuldades de comparação e apuração de rentabilidade ampliam-se.

A consolidação em portfolios e a apuração simultânea da rentabilidade em diversas moedas, comparada a diversos benchmarks, pode ser realizada segundo as necessidades de gestão.

Risco de Mercado

O risco de mercado é definido como o potencial de resultado negativo devido a mudanças nos preços ou parâmetros de mercado. Existem diversas metodologias aplicáveis como valor em risco (VaR) paramétrico ou não paramétrico, risco em condições de stress, risco diversificável, etc.

O processo de explosão dos fundos – em que cotas são substituídas pelos seus equivalentes em ativos de mercado – é fundamental para a correta mensuração de tais parâmetros.

Risco de Liquidez

O risco de liquidez determina procedimentos para medir o risco de determinado fundo:

• não ser capaz de honrar suas obrigações correntes e futuras sem afetar suas operações diárias; ou

• não conseguir negociar a preço de mercado determinada posição (tamanho da posição/volume de mercado), podendo assim incorrer em perdas significativas.

O que dizem nossos clientes

Anglo Andino Group

“Pivolt tem sido perfeito para nossas necessidades. O sistema é extremamente versátil para administrar nossas carteiras que incluem investimentos listados e alternativos. Toda vez que tivemos uma necessidade, o suporte ao cliente da Pivolt e os engenheiros estão lá imediatamente para nos ajudar.”

David Simsilevich

Diretor

Sobre Administradoras de Fundos

Notícias e insights da BRITech e de nossos parceiros

Quero uma demonstração

Quero uma demonstração

Agende uma Demonstração