Brokers & Distributors

Tailored versatility and efficiency

A solution adaptable to your daily routines, with consolidated financial information and customized reports. Our systems were developed for your customers to make the best decisions, integrated with the main players in the market.

SaaS Investment Management with a Difference

  • Open Finance
  • Customer Success Team
  • Customer Support Team
  • Integração por APIs

Use Cases

Brokers & Distributors use cases: serving your customer better

Distribuição de Fundos com Suitability

A distribuição de fundos próprios e de terceiros pode ser:

Identificada, onde os dados do cliente são revelados ao administrador do fundo – responsável perante os órgãos reguladores e pelos cotistas (extratos, informes de rendimento, Suitability etc.)

Por conta e ordem, onde os dados do cliente ficam retidos no distribuidor – que se torna responsável perante os órgãos reguladores e o cotista.

Distribuição de Títulos de Renda Fixa

Nesse processo o distribuidor pode distribuir títulos próprios (emissão própria) e de terceiros – que usualmente acontece por conta e ordem onde o distribuidor negocia taxa e montante captado para distribuição individualizada entre seus clientes.

Nos casos de emissão própria o fluxo operacional ocorre diretamente com a tesouraria da instituição financeira distribuidora.

Cálculo de Rebate de Taxas

O valor de rebate é um benefício ou uma “comissão” paga pelo administrador ou gestor de um portfólio (fundo, clube ou carteira de investimentos), sendo o cálculo desse valor baseado na taxa de administração e/ou gestão cobrada diretamente sobre o PL desse portfólio.

É importante monitorar o cálculo dos rebates em duas visões, como despesa (administradores/gestores) ou receitas (distribuidores/officers/carteiras).

Controle de Cotistas de Fundos e Clubes de Investimentos

Os serviços de controle de cotistas (controladoria de passivo) de fundos e clubes de investimentos incluem:

escrituração das cotas; registro nominativo dos detentores de tais cotas; registro das movimentações e eventos envolvendo tais cotas; cálculo e retenção de tributos; prestação de informações aos órgãos reguladores e informações aos cotistas.

Controle de Cotistas de Fundos Offshore

O controle de cotistas de fundos offshore compreende:

controle de umbrella funds com suas diversas classes e séries, processos de lockup hard e soft, holdback, rollup de séries e controles de divulgação de cotas em periodicidade diferente de diário e mensal.

Controle de Cotistas de Fundos Estruturados

O controle de cotistas de fundos estruturados deve respeitar alguns parâmetros:
diferentes séries, valores de cotas de cada série, rentabilidade e tributação condizente com cada tipo de fundo e gestão da quantidade de cotistas, de forma que benefícios fiscais não sejam perdidos.

Geração de Informes Legais, Regulatórios e Contábeis

A administração de fundos líquidos, fundos estruturados e clubes de investimentos acarreta algumas obrigações acessórias que possuem fluxo específico para geração de informes.

Estes variam conforme a entidade legal, regulatória ou jurídica de destino e o tipo de investimento.

Controle de Carteiras e Clubes de Investimento

Os serviços de controle de cotistas (controladoria de passivo) de carteiras e clubes de investimentos incluem:

escrituração das cotas; registro nominativo dos detentores de tais cotas; registro das movimentações e eventos envolvendo tais cotas; cálculo e retenção de tributos; prestação de informações aos órgãos reguladores e informações aos cotistas.

Gross Up

A comparação de ativos em relação à um benchmark e/ou a outras opções de investimento é feita pela expectativa de rentabilidade bruta.

Os ativos incentivados que contam com algum tipo de isenção possuem sua rentabilidade estimada com base no “gross-up” em que o benefício fiscal amplia a rentabilidade bruta.

Carteirização de Investimentos

Na prática de carteirização de investimentos e rentabilidade bruta/líquida por ativo e consolidada, cria-se uma carteira administrada ou um portfólio consolidado para demonstrar a rentabilidade global, bruta e líquida de tributos.

A partir dessa consolidação também pode-se demonstrar a rentabilidade dos títulos incentivados com o gross-up para facilitar que o cliente compare as opções de investimento e avalie a performance passada comparando condições semelhantes.

Book de Relatórios e Dashboard para Clientes

Geração de books de relatórios com a visão consolidada da carteira, visão gráfica ou tabelada das posições consolidadas por classe e por ativo, extrato de movimentação por período e por ativo, inclusive caixa e demonstrativos de retorno com os respectivos comparativos.

Disponibilização em portal de consulta (ou via webservices) para visualização dinâmica dos dados.

Consolidação de Portfolios On/Offshore

A consolidação de posições e históricos de operações apresentam vários desafios. Ao incluirmos operações em diversas praças e moedas, as dificuldades de comparação e apuração de rentabilidade ampliam-se.

A consolidação em portfolios e a apuração simultânea da rentabilidade em diversas moedas, comparada a diversos benchmarks, pode ser realizada segundo as necessidades de gestão.

Risco de Mercado

O risco de mercado é definido como o potencial de resultado negativo devido a mudanças nos preços ou parâmetros de mercado. Existem diversas metodologias aplicáveis como valor em risco (VaR) paramétrico ou não paramétrico, risco em condições de stress, risco diversificável, etc.

O processo de explosão dos fundos – em que cotas são substituídas pelos seus equivalentes em ativos de mercado – é fundamental para a correta mensuração de tais parâmetros.

Risco de Liquidez

O risco de liquidez determina procedimentos para medir o risco de determinado fundo:

• não ser capaz de honrar suas obrigações correntes e futuras sem afetar suas operações diárias; ou

• não conseguir negociar a preço de mercado determinada posição (tamanho da posição/volume de mercado), podendo assim incorrer em perdas significativas.

Enquadramento Legal e Gerencial de Fundos, Clubes e Carteiras

Os novos procedimentos de controle e exigências legais obrigam o gestor de fundos a monitorar os controles escriturais feitos pelos administradores e custodiantes, podendo utilizar o espelhamento da carteira, replicando os dados enviados pelo administrador no ambiente do gestor.

O sistema permite a criação de regras de enquadramento de final de dia ou simulações no transcorrer do dia para garantir o atendimento das exigências legais e gerenciais.

Espelhamento de Fundos

A movimentação, valorização dos ativos, enquadramento, controle de despesas, receitas e oscilação de cota são diariamente replicados no ambiente do gestor e reconciliados com os dados enviados pelo administrador.

Controle de Múltiplas Contas Correntes

Cada vez mais distribuidores de ativos financeiros passam a administrar contas correntes de seus clientes e portfolios de investimentos em diversas instituições e em diversas praças e moedas, independente do cliente possuir uma carteira administrada, fazer consolidação ou simplesmente operar valores mobiliários.

Marcação a Mercado

A marcação a mercado permite que você saiba quanto receberia hoje se vendesse o respectivo ativo, seja ele de renda fixa, renda variável, derivativo ou outro.

Esse processo é indispensável para fundos de investimentos e também em carteiras administradas ou investimentos individualizados.

What do our customers say?

Banco Renner

"We tested some systems and researched the market. We liked the functionalities that BRITech had. We understood that Atlas TAS was the most complete."

Rodrigo Villa Real

Product Analyst

About Brokers & Distributors

Headlines and industry insight from BRITech and our partners

Schedule a Demo Now!

Schedule a Demo

Schedule a Demo